• Beatriz Couto

Utilizando garrafas PETs, ecossistema de mangue foi totalmente recuperado


Como buscar ações sustentáveis para recuperar todo um ecossistema após um desastre ambiental? Pensando nisso, um grupo de voluntários que participou do projeto Mangue Vivo, criado pelo Instituto OndAzul, desenvolveu uma técnica especial que utiliza garrafas PETs para auxiliar o crescimento de mudas do mangue. Ao todo foram aproveitadas 200 mil garrafas.


A estratégia desenvolvida em parceria com biólogos e voluntários buscou o desenvolvimento seguro da flora do manguezal de Magé (RJ), afetado após o acidente do vazamento de óleo pela Refinaria Reduc, no ano 2000. As garrafas PET eram recolhidas no próprio entorno.


Foram criados viveiros classificados por áreas e para cada muda plantada nele, uma garrafa PET cortada ao meio foi colocada envolvendo o plantio. Isso protegia a planta das ações externas, como por exemplo do caranguejo, que é um animal herbívoro. A ideia surgiu após estudos de observação, de um dos biólogos do projeto, Camilo Souza. “Peguei as garrafas PETs e coloquei nas mudas. Quando retornei, todas as outras 2 mil mudas que haviam sido plantadas estavam destruídas pela ação dos caranguejos e algumas remotas, só restaram as que coloquei a garrafa PET. Dali em diante, todos os trabalhadores envolvidos começaram a cortar garrafas e fazer as plantações”.


A utilização desta técnica sustentável possibilitou o avanço de duas barreiras que dificultavam a continuação do reflorestamento: o não desenvolvimento das espécies e as toneladas de lixos plásticos descartados no local.

Ao todo foram restaurados 90 hectares do manguezal de Magé, o que possibilitou a fundação do Parque Natural Municipal Barão de Mauá, que hoje é referência de conservação e manutenção de mangue no Brasil. Para o coordenador de projetos do Instituto OndAzul, Ricardo Farias, o projeto Mangue Vivo foi fundamental para a comunidade. “O parque tem uma capacidade de atrair novos investimentos, novas possibilidades de trabalho e renda para a comunidade ali de Mauá”.

26 visualizações

Conecte-se

Assine a nossa Newsletter

Fale Conosco

Em caso de dúvidas ou sugestões, entre em contato conosco

Endereço

Edifício Orly Avenida Marechal Câmara, 160 - Sala 414 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, 20020-907

Telefone

(21) 2551-7215

EMAIL

© 2020 - Instituto OndAzul